De in vitro para in vivo: Uma abordagem integrada sobre os efeitos da toxicidade de fármacos
Logos
tipo de financiamento Fundação para a Ciência e a Tecnologia
programa FCT/PTDC/2020
acrónimo/
referência
VitroTox
referência alternative PTDC/CTA-AMB/0126/2020
grupo(s) de investigação 4 - biorrefinarias, materiais de origem biológica e reciclagem;
departamento Biology (DB)
período de execução 2021-02-01 - 2023-12-31 ( 35 Meses )
resumo/
palavras-chave
Desde o início dos anos 90, que a contínua entrada de produtos farmacêuticos nos ecossistemas, tem promovido a cooperação entre químicos e toxicologistas ambientais de forma a elucidar acerca do eventual risco que os mesmos representam para a saúde humana e ambiental. Um dos principais desafios na área da química analítica é o desenvolvimento de procedimentos para a identificação, quantificação e determinação de produtos farmacêuticos em amostras ambientais ou biológicas. Uma classe de produtos farmacêuticos particularmente crítica em avaliações de risco ambiental, são os agentes antineoplásicos (AAs), e eventuais misturas de AAs, devido aos riscos particulares que conferem a espécies não-alvo. Contudo, há um desconhecimento relativamente ao seu potencial efeito em, por exemplo, peixes (6). Além disso, em termos de conhecimento mecanístico, as exposições únicas são pouco informativas, pois não consideram os perfis de exposição a misturas e os efeitos tóxicos que variam no tempo. É por isso urgente desenvolver uma abordagem integrativa de avaliação ecotoxicológica dos AAs no ambiente aquático, de forma a colmatar as lacunas supramencionadas.
O projeto VitroTox vai além do estado da arte e reúne especialistas de diferentes áreas de investigação, destacando a importância do uso de uma abordagem integrativa e multidisciplinar: i) desenvolvendo metodologias cromatográficas para quantificação de AAs em amostras aquáticas e biológicas, ii) na combinação de diferentes matrizes biológicas (in vivo / in vitro) e criação de um vínculo entre diversos parâmetros determinados, a fim de iii) investigar o potencial das linhas celulares para servir como alternativas de testes in vivo, para a avaliação da toxicidade dos AAs, individualmente e em misturas e, finalmente, iv) auxiliar no desenvolvimento de modelos para previsão da toxicidade de AAs e misturas dos mesmos.
O projeto VitroTox reúne três grupos de investigação da Universidade de Aveiro (CICECO, CESAM e iBiMED) e uma equipa do Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo (Brasil). A equipa do CICECO possui experiência comprovada no desenvolvimento de diferentes protocolos cromatográficos, permitindo a quantificação de diferentes produtos farmacêuticos na gama de ng/L, ultrapassando assim o primeiro obstáculo. O grupo do CESAM possui sólida experiência na avaliação dos efeitos de uma vasta gama de contaminantes, individualmente ou em mistura, no ambiente aquático, incluindo fármacos (27,28). O grupo iBiMED é um grupo líder em biologia molecular, especificamente na transdução de sinal a nível celular e de proteínas (26,29). O grupo ICB, USP, envolve a busca por novos AAs a partir da biodiversidade brasileira visando o desenvolvimento sustentável de novos fármacos e possui experiência comprovada na avaliação dos efeitos de AAs em linhas celulares humanas e animais. Além disso, os membros do CESAM e do iBiMED junto com o ICB têm colaborado ativamente no âmbito do projeto EMPHASIS, tendo demonstrado que um dado conjunto de compostos extraídos de organismos marinhos com potencial propriedade antineoplásica causam toxicidade (aguda, geno-, cito- e neurotoxicidade) no peixe-zebra e em linhas celulares (hepatócitos) deste peixe, mesmo em concentrações tão baixas quanto 0,05 nM. O presente projeto é constituído por três grupos de excelência (CICECO, CESAM eiBiMED) da Universidade de Aveiro e do Instituto de Ciências Biomédicas da USP Brasil, igualmente uma das melhores universidades da América do Sul, tem todas as condições para garantir uma bem sucedida implementação do trabalho proposto.
coordenador
/ip local
Susana Patrícia Mendes Loureiro (CESAM)
ciceco status Parceiro
instituição proponente Universidade de Aveiro (UA)
instituições participante(s) Instituto de Ciências Biomédicas da USP Brasil
participação industrial Não
parceiro(s) internacional Sim
orçamento total 249.933€
publicações
Adicionar uma nova publicação / Add new Publication
Adicionar uma nova publicação / Add new Publication
Adicionar uma nova publicação / Add new Publication
Adicionar uma nova publicação / Add new Publication
Adicionar uma nova publicação / Add new Publication
Apoio

1suponsers_list_ciceco.jpg