Novos mosaicos melhoram a eficiência energética em edificios
2015-06-09
Rui Novais, Paula Seabra e João Labrincha criam novo mosaico em parceria com o Centro Tecnológico da Cerâmica e do Vidro e com a CINCA

Novos materiais que permitem maior conforto e poupança energética estão a ser desenvolvidos no CICECO - Universidade de Aveiro como pavimentos e revestimentos cerâmicos. Os mosaicos, para já testados para aplicação em pavimentos, são compostos por duas camadas: uma camada densa que pode assumir aspetos e cores diversas e uma camada inferior, mais porosa, composta por um material com mudança de fase (PCM) que tem como caraterística principal a capacidade de reter, durante o dia, a energia que será libertada à noite na forma de calor.

O projeto ThermoCer, apoiado pelo QREN, em parceria com o Centro Tecnológico da Cerâmica e do Vidro e com a CINCA, desenrolou-se entre setembro de 2012 e dezembro de 2014 e terminou com resultados muito positivos. Os novos materiais cerâmicos desenvolvidos demonstraram um comportamento mais eficiente, do ponto de vista energético, do que os pavimentos/revestimentos convencionais, tendo-se verificado uma atenuação das transferências de energia com o exterior, e uma diminuição da amplitude térmica no interior dos edifícios.

Ao reduzir a fatura energética, reduzem-se também as emissões de gases com efeito de estufa que seriam libertados se fosse necessário aquecer os espaços queimando gás, gasóleo ou lenha, ou ainda se fosse necessário refrigerar as divisões gastando energia. O custo de produção, previsivelmente superior ao dos materiais convencionais será largamente compensado pelas mais-valias do produto, afirma Rui Novais, investigador de pós-doutoramento do CICECO e membro da equipa de investigadores.

Para além de Rui Novais, a equipa envolveu ainda João Labrincha e Paula Seabra, investigadores do CICECO – Instituto de Aveiro de Materiais/ DEMaC.

Após os estudos laboratoriais e uma fase semi-industrial, resta ainda uma avaliação da Agência Nacional de Inovação (ANI) que permita um período de validação do modelo de produção industrial em larga escala que poderá passar por um projeto demonstrador.

O projeto ThermoCer foi distinguido com uma Menção Honrosa do Prémio Inovação na mais recente edição da TeKtónica, Feira Internacional de Construção e Obras Públicas.

Share to Facebook Share to Twitter Share to Google+ Share to LinkedIn
Apoio

1suponsers_list_ciceco.jpg