Conselho Europeu de Investigação atribui bolsa Prova de Conceito a Mara Freire
2020-01-10
PureIgY explorará o potencial comercial de anticorpos extraídos da gema de ovo como biofarmacêuticos alternativos no combate bactérias multirresistentes.

Poucas semanas depois da atribuição de duas bolsas de Consolidação do Conselho Europeu de Investigação (ERC, em inglês) a investigadores CICECO da Universidade de Aveiro (UA), é agora atribuída uma outra. Desta vez, trata-se de uma bolsa Prova de Conceito, focando-se na valorização económica de aspetos do trabalho já distinguido anteriormente.

Esta bolsa Prova de Conceito (PoC) é atribuída a Mara Freire, coordenadora do projeto IgYPurTech, financiado pelo mesmo organismo Europeu no âmbito de uma bolsa de iniciação (ERC Starting Grant). IgYPurTech incide numa tecnologia sustentável, mais concretamente, em sistemas aquosos bifásicos, para a purificação de anticorpos da gema do ovo. Durante o projeto IgYPurTech, já concluído, foi desenvolvida uma tecnologia alternativa de purificação mais eficaz, patenteada, e que será o objeto do projeto agora financiado.

Assim, a bolsa PoC “PureIgY: Towards the use of IgY antibodies as alternative therapeutics”, apoiará as atividades necessárias para explorar o potencial comercial da tecnologia de purificação desenvolvida para anticorpos da gema de ovo como biofármacos alternativos no combate a bactérias multirresistentes. Entre estas atividades incluem-se o scale-up da tecnologia desenvolvida, preparação do plano de negócios, formações em transferência de tecnologia, entre outras. O financiamento será de 150 mil euros ao longo de 18 meses.

UA rumo ao pelotão da frente da Investigação Europeia

“A atribuição de mais uma destas prestigiosas bolsas do European Research Council (ERC) à nossa Investigadora Mara Freire é o resultado do trabalho de excelência que se desenvolve na UA, e no CICECO em particular, e da aposta que a Reitoria tem feito na preparação das candidaturas a estas bolsas extremamente competitivas”, comenta o Vice-Reitor da UA para a área de Investigação. Artur Silva sublinha: “Mara Freire, o CICECO e a Universidade de Aveiro estão de parabéns, mas esta aposta vai continuar para estarmos ainda mais fortes no pelotão da frente e na 1ª divisão da Investigação Europeia”.

A UA, mais especificamente, o CICECO, para além da bolsa agora atribuída, já conta, no seu currículo, várias bolsas atribuídas pelo ERC: uma bolsa de Iniciação (ERC Starting Grant), já concluída, e ainda uma bolsa Avançada (ERC Advanced Grant, em curso), uma PoC (em curso) e duas bolsas de Consolidação (ERC CoG, com início em 2020).

As PoC pressupõem a anterior atribuição de uma outra bolsa ERC e tem por objetivo apoiar os cientistas na exploração do potencial de inovação e de valorização económica dos resultados do seu trabalho. Na terceira fase do concurso de 2019, onde se inclui a bolsa referente ao projeto PureIgY, foram atribuídas 76 bolsas correspondendo a 11,4 milhões de euros, perfazendo, com as fases anteriores, um total de 200 bolsas PoC em 2019 e de 30 milhões de euros.

Share to Facebook Share to Twitter Share to Google+ Share to LinkedIn
Apoio

1suponsers_list_ciceco.jpg