Inovação na produção de subprodutos salinos em simbiose industrial
Logos
tipo de financiamento Industry National
programa I&D em Co-Promoção
acrónimo/
referência
SIMBIOSALT
referência alternative CENTRO-01-0247-FEDER-069712
grupo(s) de investigação 4 - biorrefinarias, materiais de origem biológica e reciclagem;
departamento Chemistry (DQ)
período de execução 2020-09-30 - 2023-06-30 ( 33 Meses )
resumo/
palavras-chave

O projeto SimbioSalt visa estudar uma alternativa de valorização daqueles resíduos em que, através da conjugação de tecnologias, desenvolver-se-á uma solução que permita a obtenção de um produto com valor comercial – salmoura purificada – com duas utilizações possíveis: (i) a utilização na própria indústria que originou a salmoura ou (ii) a utilização na indústria de curtumes (conservação de peles e piquelagem), sendo a origem destes produtos salinos, as indústrias em estudo neste projeto.
O objetivo final do SimbioSalt visa o desenvolvimento de um processo/tecnologia que permita tratar/purificar salmouras, eliminando a matéria orgânica que estas possuem, nomeadamente gorduras e proteínas, e desinfetando-as também. Pretende-se que este tratamento gere subprodutos salinos que possam ser utilizados sem restrições nas indústrias estudadas, deste modo o projeto baseia-se nos princípios de eco-inovação e da economia circular.
À medida que a salmoura for sofrendo diversos níveis de tratamento, o produto resultante vai sendo testado quer nas respetivas indústrias para reutilização no processo de fabrico, quer no tratamento da pele na indústria de curtumes. As salmouras serão testadas até à evidência (por comparação em paralelo com salmoura virgem) de que a sua aplicação não afeta a qualidade final dos produtos.
O projeto SimbioSalt é liderado por uma empresa da indústria de curtumes, a Demoscore, que em simbiose com a empresa de conservas (Maçarico) e do Bacalhau (Lugrade) procuram uma solução tecnológica inovadora para o tratamento e valorização das salmouras contaminadas.
Neste sentido, estas empresas uniram esforços com duas entidades de I&I (Universidade de Aveiro, UA, e o Centro Tecnológico das Indústrias do Couro, CTIC) e com uma empresa produtora de equipamentos/soluções tecnológicas no tratamento de efluentes, a VentilAQUA, com competências técnicas adequadas para fazer o desenvolvimento da solução inovadora que integra processos avançados de oxidação, como os processos eletroquímicos e processos de separação física, de forma a dar resposta aos requisitos/especificação das matérias-primas (salmouras).

coordenador
/ip local
Pedro Jorge Marques de Carvalho
ciceco status Parceiro
instituíção proponente Demoscore, Lda
instituições participante(s)

LUGRADE - BACALHAU DE COIMBRA, S.A; MAÇARICO, S.A; VentilAQUA S.A; Universidade de Aveiro; Centro Tecnológico das Indústrias do Couro

parceiro(s) internacional Não
orçamento total 183.946€
orçamento ciceco 183.946€
centro de custos 3.89.342
  membros do projeto
publicações
Apoio

1suponsers_list_ciceco.jpg